Confira as últimas notícias sobre a Transal e o mercado de transportes.

16/03/2009

Ronda Transal - Santa Catarina

Será inaugurada na terça a primeira hidrovia de Santa Catarina

A primeira hidrovia de Santa Catarina está pronta e será inaugurada às 18 horas de terça-feira, com uma viagem noturna do JetBus. A sinalização náutica dos 23 quilômetros que separam Joinville de São Francisco do Sul vai permitir o transporte regular dos passageiros durante a noite e aumentar a segurança das embarcações. Autoridades municipais e estaduais devem participar da cerimônia.

A Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) foi a responsável pela instalação das 19 boias, 24 lanternas solares e 21 balizas na hidrovia. A expectativa era de que a estrutura ficaria pronta em fevereiro, mas um problema na liberação de equipamentos importados acabou atrasando a obra — concluída na última quarta-feira.

Segundo o diretor da SDR, Fernando Camacho, mais de 11 mil embarcações serão beneficiadas. De acordo com o comandante do JetBus, Rogério da Silva, as placas e boias sinalizam o canal e impedem que barcos, lanchas e iates fiquem encalhados. Mesmo com uma "sinalização de primeiro mundo", como ele define, Rogério acredita que a navegação noturna ainda possa ser prejudicada por uma velha conhecida do joinvilense — a sujeira do rio Cachoeira.

De acordo com ele, quando chove, o local é tomado de sujeira.

— Algumas pessoas podem não ver esses obstáculos na noite — reforça.

A conclusão da obra também vai possibilitar que o JetBus transporte regularmente passageiros entre São Francisco do Sul e Joinville à noite. Segundo o diretor da empresa, Fernão Sérgio de Oliveira, ainda não há previsão de implantação de novas linhas.

— Ainda não conversamos a respeito. Nosso último horário continua sendo o das 17h30 — diz.

Apesar disso, Oliveira assegura que a hidrovia será um benefício a mais para os passageiros com a proximidade do inverno.

— O nosso último horário já pega um trecho de penumbra. No inverno, já vai ser quase noite às 17h30 — afirma.

Durante o Carnaval, a empresa fez uma experiência com a criação de cinco horários noturnos. O JetBus levou os passageiros de Joinville para São Francisco, e fez a rota inversa na madrugada. Segungo Oliveira, a intenção foi dar uma opção a mais para os foliões.

— Tivemos um bom movimento e as viagens foram feitas com segurança — diz.


Fonte: AN.COM.BR


Outras notícias