Confira as últimas notícias sobre a Transal e o mercado de transportes.

25/02/2009

Ronda Transal - Paraná

Morte de menino de 10 anos é investigada

Depois de ficar internado no Hospital Doutor Feitosa, em Telêmaco Borba, nos Campos Gerais, o menino Iury Henrique Mendes Chaves, 10 anos, morreu no final da manhã desta terça-feira (24). A morte teria sido provocada por traumatismo craniano depois de uma briga na escola, mas existe a suspeita de reação a medicamento contra picada de aranha. Iury não contou aos pais que havia brigado e, como estava com o rosto inchado, a família suspeitou que ele tivesse sido picado. O exame no Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba vai comprovar a causa da morte.

A briga teria ocorrido na última quarta-feira. Segundo o conselheiro tutelar, Arival Gomes Filho, os pais disseram que Iury, que mora no bairro São João, chegou da Escola Estadual Padre José de Anchieta e dormiu, sem contar que havia apanhado. Ele acordou com o rosto inchado e os pais o levaram ao hospital. Lá ele foi medicado contra picada sem passar por radiografia. Apenas no sábado, depois de contar aos pais que havia sido agredido por um colega de sala, foi submetido ao raio-x, que comprovou a fratura na cabeça. Nesta terça-feira, ninguém no hospital estava autorizado a falar sobre o assunto.

O estado de saúde do estudante piorou e ele morreu nesta terça às 11h30. O corpo foi encaminhado ao IML de Ponta Grossa, mas, como a cidade não tem Serviço de Verificação de Óbitos, foi encaminhado a Curitiba para um exame mais detalhado. Os pais procuraram a Polícia Civil de Telêmaco Borba após orientação do Conselho Tutelar, mas o registro da ocorrência será feito pela família depois de passado o sepultamento, que ainda não tem horário definido. Até o momento, a polícia não tem informações se a briga ocorreu dentro ou fora da escola, nem quem foi o autor da agressão.


Fonte: Maria Gizele da Silva - Gazeta do Povo


Outras notícias