Confira as últimas notícias sobre a Transal e o mercado de transportes.

17/06/2010

Prorrogada isenção de IPI para caminhão e trator

O prazo será estendido até o dia 31 de dezembro.

O governo decidiu prorrogar por mais seis meses o benefício fiscal concedido para os fabricantes de caminhões, tratores e caminhonetes, além do setor de bens de capital. Anunciada ontem pelos ministros da Fazenda e do Desenvolvimento, a medida representará uma renúncia de R$ 775 milhões para os cofres da Receita Federal.

Apesar disso, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que o governo não terá de fazer cortes adicionais no orçamento. A demora na recuperação das vendas do setor foi a justificativa dada por Mantega para a decisão de estender até 31 de dezembro a aplicação da alíquota zero do Imposto sobre Produtos Industrializado (IPI) sobre a fabricação de caminhões, tratores e reboques.

– O objetivo é manter o estímulo para o setor, que começou a se recuperar tardiamente – disse o ministro.

Mantega negou que as prorrogações dos benefícios fiscais, em especial para o setor de caminhões, terão impacto sobre a inflação:

– O resultado vai ser positivo sobre a inflação porque o setor não estava dando conta das vendas. Isso vai evitar ágio e aumento de preços, e as vendas vão poder se distribuir de uma forma melhor.

Miguel Jorge, do Desenvolvimento, ressaltou que as medidas mantêm o estímulo ao investimento:

– Não tem o efeito de aquecimento da economia como seria se o benefício fosse concedido para carros de passeio.


Fonte: Zero Hora


Outras notícias