Confira as últimas notícias sobre a Transal e o mercado de transportes.

06/04/2017

Programa de Transporte de Produtos Perigosos, da BR-101, entrega equipamentos no RS

Programa de Transporte de Produtos Perigosos, da BR-101, entrega equipamentos no RS

Em ato que contou com a presença do Comandante do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio Grande do Sul, Coronel Adriano Krukoski, foi entregue na sexta-feira, 31 de março, a primeira parte dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) previsto no Programa de Transporte de Produtos Perigosos para o trecho Osório/Torres da duplicação da BR-101 no Rio Grande do Sul.


A solenidade teve a presença do professor e diretor da Escola de Engenharia da UFRGS, Luiz Pinto Silva Filho, que coordena a implantação do programa no trecho gaúcho da duplicação, além de ser coordenador do Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres (CEPED), e do coordenador setorial do Gerenciamento Ambiental do Consórcio Concremat-Tecnosolo-WorleyParsons, sociólogo, Sérgio Luiz dos Reis. 


Os equipamentos visão, conforme o Programa, a qualificação da ação dos bombeiros para atendimento em acidentes com cargas perigosas nesse trecho da BR-101. Entre os materiais entregues estão, rádios HT, coletes, cabos, cordas, ancoras, óculos, luvas, botas e insígnias.


O Programa que é implantado pelo DNIT através de Termo de Cooperação com a UFRGS tem ainda como metas a capacitação em Atendimento e Resgate, em que o curso já foi realizado e contou com a participação de diversas instituições que atuam na região, entre eles, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, órgãos ambientais, serviços sociais e de saúde de municípios próximos da rodovia federal e da capital gaúcha, além do DNIT, ANTT e do Consórcio. Além disso, outra meta é a construção e implantação do Centro de Controle Integrado para atendimento de emergências também em fase de conclusão, localizado em Osório; aquisição de veículo de resposta para emergências químicas e combate a incêndio, processo em tramitação; elaboração de banco de dados georreferenciados, em fase de conclusão e a identificação dos trechos com maior suscetibilidade a acidentes em andamento.


Fonte: BR 101 Sul


Outras notícias