Confira as últimas notícias sobre a Transal e o mercado de transportes.

03/08/2009

Lucro do Bradesco cresce 14,7% e crédito empaca no 2º trimestre.

SÃO PAULO - O Bradesco informou nesta segunda-feira que encerrou no segundo trimestre com lucro líquido de R$ 2,297 bilhões, o que representa um crescimento de 14,7% em relação ao apurado em igual período de 2008.

No final de junho, a carteira de crédito do segundo maior banco privado brasileiro estava em R$ 212,8 bilhões, um avanço de 18,2% ante o montante do final do primeiro semestre do ano passado, mas ligeiramente menor do que os R$ 213 bilhões de março.

A provisão feita pelo Bradesco contra perdas esperadas com créditos no trimestre passado foi de R$ 13,871 bilhões, 60,3% maior do que no final de junho de 2008.

A margem financeira foi de R$ 7,56 bilhões, com crescimento de 26,9%, e as despesas com provisão para devedores duvidosos aumentaram 152,3%, para R$ 4,421 bilhões.

A receita de prestação de serviços cresceu 9,6%, para R$ 2,911 bilhões, e as despesas administrativas e de pessoal também aumentaram 9,6%, para R$ 4,141 bilhões.

Os ativos totais em junho de 2009 registraram saldo de R$ 482,478 bilhões, crescimento de 19,7% em relação ao mesmo período de 2008. O retorno anualizado sobre os ativos totais médios foi de 1,7%, enquanto no mesmo período do ano anterior chegou a 2,1%.


Fonte: Reuters e da Agência Estado


Outras notícias