Confira as últimas notícias sobre a Transal e o mercado de transportes.

23/03/2010

Investimento da GM aumenta produção em 30%; 1.500 serão contratados

A capacidade produtiva da unidade de São Caetano do Sul aumentará de de 210 mil para 270 mil veículos por ano.

A General Motors do Brasil informou nesta segunda-feira que os investimentos na fábrica de São Caetano do Sul, de R$ 1,350 bilhão, vão ampliar em 30% a capacidade produtiva da unidade, de 210 mil para 270 mil veículos por ano, gerando em torno de 1.500 empregos diretos.

O aumento da capacidade na unidade será possível graças à transferência da produção de algumas peças para a fábrica de Mogi das Cruzes, que terá investimentos de R$ 50 milhões --também anunciados hoje.

No total, a GM anunciou hoje investimento de R$ 1,4 bilhão nas duas cidades. Em Mogi, unidade que produz apenas peças, a capacidade também será ampliada em cerca de 30%, de acordo com o presidente da GM do Brasil, Jaime Ardila. A mudança deve gerar 190 novos postos de trabalho.

O anuncio foi feito no Palácio dos Bandeirantes, com a presença da diretoria da montadora e do governador José Serra. "Os investimentos em São Paulo significarão mais empregos, mais produção e mais arrecadação para o Estado, mas sem aumento de carga tributária", afirmou o governador.

Com o anúncio dos investimentos, o Estado liberou para a GM R$ 500 milhões em créditos de ICMS, como parte do programa Pró-Veículo.

A expansão em São Caetano tem por objetivo permitir a produção de dois novos veículos da montadora no país, o que deverá ocorrer a partir da segunda metade de 2011, disse Ardila. Ele não quis, porém, revelar quais serão os dois modelos. "Serão veículos com volumes grandes de produção, acima de 50 mil veículos", afirmou, citando que os modelos pertencem a plataformas diferentes.

A GM anunciou anteriormente que investirá R$ 5 bilhões no país até 2012 para renovar a linha da montadora no país. A destinação da maioria desses recursos já foi anunciada, restando R$ 630 milhões. De acordo com Ardila, o destino desses investimentos deve sair nas próximas semanas.

O presidente afirmou também que os lançamentos da GM no Brasil, que chegarão a quatro modelos neste ano, devem ficar em cinco em 2011 e em seis em 2012.

Importações

Ardila afirmou ainda que a sobretaxação dos produtos norte-americanos importados para o Brasil, anunciada no âmbito de uma decisão da OMC (Organização Mundial de Comércio), pode prejudicar os planos da montadora de trazer para o Brasil o modelo Malibu. "Mas nós ainda esperamos o resultado das negociações entre os dois governos, que ainda não estão terminadas", disse,

O lançamento do esportivo de luxo Camaro, que vem do Canadá, não será prejudicado e, segundo Ardila, ocorrerá até o final do ano.


Fonte: Folha Online


Outras notícias