Confira as últimas notícias sobre a Transal e o mercado de transportes.

28/04/2009

Força Sindical deve fechar a BR-101 em Itajaí

Ação é uma forma de protesto pela paralisação no Porto de Itajaí desde a enchente de 2008

A Força Sindical de Santa Catarina promete fechar a BR-101 na manhã desta terça-feira, em uma mobilização dos trabalhadores "pela sobrevivência de Itajaí". A manifestação é uma forma de protesto pela paralisação das atividades no Porto de Itajaí desde a enchente de novembro.

O movimento, que pretende interromper o tráfego no km 117 da rodovia em Itajaí, das 8h às 9h, incluirá também o fechamento do canal de acesso aos portos com embarcações, no Rio Itajaí-Açu, no mesmo horário.

A ação do sindicato quer chamar a atenção das lideranças políticas do país para a situação dos trabalhadores portuários, cuja renda caiu 90% nos últimos cinco meses, e dos empregados de setores, onde o desemprego já surge como reflexo da catástrofe natural.

— Essa causa é dos itajaienses que sofrem as consequências da paralisação do porto, e dos que não querem ser as próximas vítimas do desemprego e da miséria que assola Itajaí — diz o presidente da Força Sindical, Osvaldo Mafra.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi comunicada pela entidade sobre a mobilização e informou que enviará efetivo ao local para tentar evitar o fechamento da rodovia.

Como o movimento segue para a frente ao Porto de Itajaí, das 9h até o meio-dia, a Companhia de Trânsito (Codetran), fará a interrupção de ruas nos arredores do porto, com o auxílio de 10 agentes de trânsito. A Polícia Militar (PM) também irá acompanhar a mobilização, para garantir a segurança no Centro da cidade.

Na tarde desta segunda-feira, a prefeitura de Itajaí emitiu nota oficial reconhecendo que o evento dos trabalhadores é uma manifestação democrática, embora sem ligação com a administração municipal e do porto.


Fonte: JORNAL DE SANTA CATARINA


Outras notícias