Confira as últimas notícias sobre a Transal e o mercado de transportes.

19/02/2015

Entra em vigor plano para evitar fila de caminhões no Sistema Anchieta/Imigrantes

Medida visa redução do impacto da grande quantidade de veículos de carga que trafega nas rodovias que dão acesso ao Porto de Santos (SP) no período de escoamento da safra de grãos


Já entrou em vigor o Plano de Ação Integrada 2015 para a Baixada Santista, que visa minimizar os impactos no trânsito por conta da grande quantidade de caminhões que trafega no Sistema Anchieta-Imigrantes no período de escoamento da safra de grãos. No ano passado, o procedimento reduziu em 54% os congestionamentos nas rodovias.

No dia 28/1 foi realizada na sede da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) a primeira reunião com representantes dos órgãos engajados no plano (polícias Militar e Rodoviária, prefeituras de Guarujá e Santos, Companhia Docas do Estado de São Paulo, terminais marítimos e pátios reguladores), com a intenção de rever procedimento de medidas já adotadas em 2014 e discutir novas ações a serem adotadas para este ano.

A principal ferramenta do plano é o sistema de agendamento realizado pela Codesp, que evita o acúmulo de caminhões num mesmo período de tempo nas rodovias da Baixada Santista. Também vão ajudar as recentes obras realizadas na região e que representaram um investimento de R$ 418 milhões, ampliando a capacidade de tráfego nas rodovias que atravessam a região.

Entre esses empreendimentos, estão o Anel Viário de Cubatão (a remodelação do antigo Trevo de Cubatão), a implantação de 16 quilômetros de faixa adicional na Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-055), o novo acesso à zona portuária de Guarujá (abertura de uma via paralela à Rua do Adubo) e a remodelação do entroncamento da SP-055 com a BR-101, a Rodovia Rio-Santos, com construção de viaduto de acesso. E em abril, está programada a entrada em operação do novo viaduto de acesso ao Jardim Casqueiro, em Cubatão.

Os principais pontos de monitoramento de tráfego definidos pelo Plano são o Viaduto da Alemoa, o Polo Petroquímico de Cubatão, a Avenida Plínio de Queiroz e a Rua do Adubo. Entre as medidas previstas está o monitoramento constante do trânsito com sinalização especial e desvios alternativos em caso de necessidade; intensificação da fiscalização para evitar bloqueios dos acostamentos e de faixas em pontos onde essas ocorrências são frequentes na Rodovia Cônego Domenico Rangoni (SP-055); monitoramento do acesso a Santos entre o km 64 e o km 63 da Via Anchieta com possibilidade de liberação pela PMRv, em caso excepcionais, dos acostamentos para utilização de veículos com destino a Santos.


Fonte: Setransc


Outras notícias