Confira as últimas notícias sobre a Transal e o mercado de transportes.

19/02/2015

Caminhoneiros passam madrugada na estrada e continuam protesto

Profissionais estão parados no trevo de São Miguel do Oeste. Não há previsão para bloqueio de estradas, segundo polícias rodoviárias.

Os caminhoneiros em protesto no trevo de São Miguel do Oeste, região Oeste catarinense, passaram a madrugada no local e seguem protestando no início da manhã desta quinta-feira (19). Não há previsão de bloqueio de estradas, informou a polícia.

A manifestação é contra o aumento da gasolina e do frete e por melhores condições nas rodovias, segundo o integrante da mobilização Viomar Bonora. Os caminhoneiros começaram a parar os veículos por volta das 15h de quarta (18).

Segundo as Polícias Rodoviária Federal (PRF) e Militar Rodoviária (PMRv), os manifestantes passaram a madrugada na estrada e continuavam no local até as 7h30.

Eles estão no trevo de São Miguel do Oeste, no entroncamento entre a BR-282 e a BR-163. Cerca de 70 caminhões ocupam uma das faixas da rodovia, segundo a PRF. A PMRv fala em 100 a 120 veículos. Bonora afirma que há aproximadamente 200.

A PRF explicou que os veículos estacionados estão na BR-163. A rodovia tem duas faixas em cada sentido e os caminhões estão parados na faixa da direita, tanto na direção Norte quanto na Sul, aproximadamente entre os kms 65 e 67.

Veículos de passeio e ônibus passam normalmente. Caminhoneiros que não levam cargas perecíveis são convidados a participar do protesto, segundo a PRF e a PMRv.

As polícias afirmam que não há previsão de bloqueio da rodovia ou do fim da manifestação. Bonora diz que os caminhoneiros devem entregar, a partir das 7h30, panfletos com informações.


Fonte: Setransc


Outras notícias