Confira as últimas notícias sobre a Transal e o mercado de transportes.

27/10/2009

Caminhões MAN serão fabricados no território brasileiro em 2011

Três modelos completarão a linha da Volkswagen Caminhões e Ônibus no mercado nacional.

A grande novidade da MAN Latin America nesta edição da Fenatran é que a marca alemã, que se uniu à Volkswagen Caminhões e Ônibus no início deste ano, produzirá três caminhões da marca no Brasil a partir de 2011.

As três versões, conforme mencionou Roberto Cortez, Presidente e CEO da MAN Latin America, completarão em 100% a linha da Volkswagen de caminhões no mercado nacional”.
“Os três modelos serão acima de 370 cavalos e serão produzidos na fábrica de Resende, no Rio de Janeiro”, disse Cortez ao esclarecer que atualmente a Volks não possui veículos com potência superior à mencionada.

De acordo com o executivo, a MWM Internacional será responsável por atender a demanda de motores a diesel para os novos veículos no mercado nacional. A fabricante
instalará uma linha montagem exclusiva para a atividade, adicional a uma outra que já existe para a montadora na unidade fabril localizada em Santo Amaro, São Paulo.

Em Resende, Cortez afirmou que a fábrica atenderá demanda da nova produção, sem alterações, já que a capacidade total atual é de 80 mil unidades por ano e, no momento, a fábrica produz 48 mil unidades anualmente.

O estande da marca no evento, considerado um dos mais importantes do setor de transporte no mundo, exibe cavalos mecânicos dos modelos TGS e TGX, que atualmente são comercializados no exterior, mas serão os primeiros a serem construídos no País em 2011.

O primeiro - de 18 a 41 toneladas de PBT – é indicado para construção civil, guindastes e betoneiras e para o transporte de cargas frigorificadas, de bebidas, distribuição urbana e rodoviária, aplicações fora-de-estrada e para o transporte de madeira e cana-de-açúcar. Já o TGX, que agrega motores de 400 até 680 cavalos e possui três configurações de cabines, é indicado para o transporte pesado de longas distâncias.

Para Cortez, a ocasião é favorável para a medida em razão dos eventos que ocorrerão no País – como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

O executivo também contou que os cem primeiros caminhões da MAN, que serão produzidos no mercado brasileiro, já estão vendidos. Os principais compradores são: o Grupo Júlio Simões, a Arcom e a Binotto.

A Fenatran também é palco de lançamentos da VWCO. São eles, o VW Worker 17.180 Distributor, que agrega chassi para rebaixamento e carroceria para o transporte de bebidas de até 10 paletes; o VW Worker 17.250E Compactor, que se caracteriza pelo motor Cummins de 250cavalos e pela aplicação na coleta e compactação de lixo; e o VW Worker 26.260E Constructor, que pode receber betoneira, tomada de força do motor (repto), escapamento vertical, botoeira de partida remota e controle de aceleração do motor na parte traseira do chassi.


Fonte: Portal Webtranspo


Outras notícias