Confira as últimas notícias sobre a Transal e o mercado de transportes.

28/07/2011

BR-376 é a campeã de mortes neste ano

O trecho da serra da BR-376,  rodovia que liga o Paraná a Santa Catarina, entre os quilômetros 660 e 679, é o campeão no número de mortes nos primeiros seis meses de 2011

No local, dezessete pessoas perderam a vida e  outras 185 ficaram feridas em 470 acidentes. Os números fazem parte do levantamento feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), que resultou em um ranking de acidentes nas estradas federais que passam pelo Paraná. A maioria dos trechos mais mortais está nos perímetros urbanos das grandes e médias cidades.

Em segundo lugar no ranking da PRF, aparece a BR-369, entre os quilômetros 140 e 159, no perímetro urbano de Londrina. No local, nove pessoas morreram. O mesmo número de vítimas fatais foi registrado na BR-476, entre Curitiba e Araucária; e na BR-116, no final do Contorno Leste, também na Região Metropolitana de Curitiba. Todos esses números são contabilizados em intervalos de 20  quilômetros.

Em todo o Paraná, a PRF registrou 11.379 acidentes no 1º semestre, com 6.275 feridos e 408 mortos. Apesar do número de colisões serem maiores do que o contabilizado no mesmo período de 2010 – 10.444 – a polícia esclarece que nos dois períodos a quilometragem de rodovias atendidas pela PRF aumentou. Em 2010 era 3,5 km e neste ano passou para 4 km.

O número de vítimas fatais teve queda de 1,92% em relação a 2010, passando de 416 para 408. O índice de feridos aumentou de 6.177 para 6.275, ou 1,59%.


Fonte: Brasil Caminhoneiro


Outras notícias