Confira as últimas notícias sobre a Transal e o mercado de transportes.

05/03/2008

Audiências debatem turismo e infra-estrutura

Duas audiências públicas em Laguna, realizadas ontem, abordaram dois temas prioritários para o Sul de Santa Catarina: na parte da manhã, investimentos em turismo e, à tarde, em infra-estrutura. Com presença maciça de autoridades, lideranças empresariais e da comunidade, a primeira audiência foi liderada pelo presidente da comissão de turismo da Assembléia Legislativa, deputado Décio Góes, e a segunda, pela senadora Ideli Salvatti e o presidente da comissão de transportes, deputado Reno Caramori.

Um dos destaques foi o pleito conjunto das regiões da Amurel, Amrec, Amesc e Amures para a efetivação da Rota Turística Serramar. O Aeroporto Regional Sul também foi mencionado. O presidente da Amrec, prefeito Valmir Bratti, manifestou em nome dos 11 municípios que integram a associação o apoio à obra. Para o presidente da Amurel, José Schotten, esta é uma conversação recente entre as novas diretorias das associações. “Quanto à desapropriação das terras do Aeroporto, avançamos esta questão e, agora, contamos com a parceria da Amrec. Assim, teremos crescimento com certeza”, disse.

Na audiência da tarde, liderada pela senadora Ideli Salvatti, o aeroporto foi novamente mencionado, desta vez com a sugestão da própria senadora, de que sejam focadas todas as forças nesta obra até que se concretize. Ela disse que já foi aprovada no Senado, por unanimidade, a emenda pessoal sugerida por ela, de R$ 15 milhões para o acesso, sendo que passará agora para discussão na Câmara dos Deputados. “Precisamos que o governo do Estado agilize a obra do terminal, com projeto e licitação”, declarou a senadora.

O diretor da Acit, Murilo Bortoluzzi, informou que, por informações do governo do Estado, a licitação será publicada ainda na primeira quinzena de março. Também agradeceu ao empenho de todos e a oportunidade de se reforçar a importância da Rota Serramar, que não beneficiará só o município cortado pela rodovia, mas abrangerá cerca de 80km a partir de seu eixo, destinos que serão divulgados amplamente por papelaria e sinalização específica.

Licitação para Cabeçudas sai ainda este ano

O andamento da duplicação dos 248,5 quilômetros do trecho sul da BR-101 foi apresentado pelo superintendente do Dnit, João José dos Santos, que reforçou a previsão de término para dezembro de 2008. O trecho de Cabeçudas deverá ter licitação para o segundo semestre deste ano, sendo que o Morro dos Cavalos (dois túneis) deverá ter os projetos iniciados até abril. Em relação a estas áreas de gargalos, o prazo de conclusão é 2010, quando a obra estará totalmente concluída.

Também foi feita novamente a apresentação da Ponte de Cabeçudas, ao lado esquerdo da atual no sentido norte-sul, totalmente duplicada, com 2.825m de comprimento, que representará, segundo ele, “um verdadeiro cartão postal, do tipo Golden Gate (a famosa ponte em São Francisco, nos EUA)”.

Sobre a Ferrovia Litorânea Sul, esta proposta está na assessoria de licitação do governo federal, sendo que o edital para a elaboração do projeto deverá ser lançado dentro de um mês. Segundo Ideli Salvatti, “com a efetivação da Ferrovia Litorânea e um pequeno trecho que falta da Ferrovia Norte-Sul, todos os portos do Brasil estarão ligados entre si através de ferrovia”.

Representando o Conselho Político Empresarial para o Desenvolvimento da Região, o vice-presidente da Acit, Glauco Caporal Fernandes, declarou que precisamos, sim, de estrutura e de planejamento. "Uma sugestão é que devemos fazer uma discussão do planejamento estratégico da região. O aeroporto é vital e o foco nesta obra também. Temos que pensar ainda no que todas essas mudanças trarão à nossa região”, concluiu.


Fonte: Diário do Sul


Outras notícias