Notícias sobre Esportes

Confira as últimas notícias sobre esportes.


02/09/2009

Brasil despacha o México e fica a um passo da classificação para o Mundial

Invicta há 10 jogos na temporada, seleção pode carimbar o passaporte para a Turquia se vencer o Canadá nesta quarta-feira, às 14h30m.

Uma vitória tranquila e um passaporte quase pronto para receber o carimbo. A seleção brasileira, que bateu ponto em todas as edições do Campeonato Mundial nas últimas seis décadas, venceu o México nesta terça-feira por 92 a 61 e ficou a um passo de manter a tradição. Se derrotar o Canadá na quarta, às 14h30m, a equipe de Moncho Monsalve garante a classificação para as semifinais da Copa América e, por consequência, embolsa uma das quatro vagas para o torneio na Turquia, em 2010. Invicta há 10 jogos nesta temporada e há cinco na Copa América, a seleção só não se classificaria após uma vitória sobre o Canadá caso acontecesse uma catástrofe em San Juan, com uma combinação quase impossível de resultados e um empate entre cinco seleções ao fim da segunda fase. O cestinha da partida desta terça-feira foi Leandrinho, com 18 pontos. Anderson Varejão fez 10 pontos e pegou 12 rebotes. Do lado do México, Omar Quintero anotou 13. A fragilidade do adversário não fez o Brasil baixar a guarda. Assim que começou a partida, as camisas azuis cruzavam a quadra de um lado para o outro em alta velocidade, deixando tonta a defesa mexicana. Leandrinho e Varejão comandavam o ataque. A diferença logo chegou a 10 pontos, mas aí a equipe relaxou. Os mexicanos cortaram para quatro e ameaçaram encostar. Só ameaçaram. Os comandados de Moncho voltaram a ditar as ações e fecharam a primeira parcial em 24 a 17. Após um minuto de segundo quarto, Moncho mexeu no time. Tirou Splitter e Alex para colocar JP Batista e Marcelinho. O time voltou a cair de rendimento, e a vantagem escorregou para quatro pontos. Mesmo sem brilhar, a equipe conseguiu abrir oito de novo. JP se acertou, aproveitou os bons passes que recebeu e anotou seis pontos. As coisas voltaram ao normal, a diferença chegou a 18 e, quando saíram para o intervalo, os brasileiros venciam por 45 a 29. Na volta para o terceiro período, Moncho aproveitou para rodar ainda mais o time. Guilherme Giovannoni e Jonathan Tavernari foram para o jogo e, mesmo com os reservas em quadra, o ritmo não caiu. A diferença quebrou a casa dos 20 pontos, e o técnico continuou rodando o elenco: Duda e Diego também entraram, e a parcial terminou com vantagem de 69 a 45, graças a uma cesta de Tavernari no estouro do cronômetro. No último quarto, com o resultado garantido, bastou controlar o ritmo e descansar os titulares. Olivinha, o único que ainda estava no banco, também pintou na quadra. Com a quinta vitória seguida na Copa América, os jogadores já podem tirar os passaportes do bolso. Com mais uma vitória, todos já poderão cruzar o Atlântico rumo à Turquia.


Fonte: Rodrigo Alves - Direto de San Juan




Outras notícias

Todas as notícias sobre esportes