Transal - Transportadora Salvan Ltda

Login: Senha:

Acessibilidade  |  RSS

(48) 3411-1000
transal@transaltransportes.com.br

História

História

A TRANSPORTADORA SALVAN LTDA. – TRANSAL, como é conhecida comercialmente, surgiu do sonho de um jovem agricultor que tinha o desejo de ter seu próprio caminhão e viajar pelo Brasil afora transportando diversos produtos. Assim, ele acreditava que sua vida podia melhorar, tendo mais condições de manter sua família, esposa e filho. Apesar da perda prematura da mãe e da resistência do pai, que o queria trabalhando na roça e na criação de gado, com muita perseverança e trabalho o sonho virou realidade.

Tudo começou em meados de 1989 quando Rodeni Salvan, então com 23 anos, recém casado com Rosimeri Perdoná da Silva, e esperando o nascimento do primogênito Lucas – hoje com 23 anos e gerente financeiro da Transal -, adquiriu em sociedade com um primo, um caminhão MB 1113 ano 1982, o famoso “ÁGUIA”. Assim iniciou sua vida de caminhoneiro, transportando na maioria das vezes, tijolos e telhas de Morro da Fumaça, no sul de Santa Catarina, para o Rio Grande do Sul e Uruguai.

Contudo, como em todo negócio, existiam os percalços. Mas a cada dificuldade encontrada, a vontade de superá-la era ainda maior, pois havia depositado no caminhão seu passado, presente e o futuro. Assim foram dois anos de muito trabalho, dedicação e economia - até porque a renda do caminhão era pouca para dividir entre os dois sócios.

Conforme Rodinei e o Águia eram conhecidos pelos oleiros, cada dia mais cargas estavam à sua disposição para serem transportadas. Nessa época Rodinei comprava carga de Tijolos para posteriormente revendê-la para uma carteira de clientes já constituída no Rio Grande do Sul e Uruguai. Contudo, o volume de carga que estava disponível já não poderia ser transportado com apenas um caminhão.

Por isso, em meados de 1991, Salvan conseguiu comprar a parte da sociedade do caminhão que seu primo detinha. Juntamente com seu irmão adquiriram mais um veículo para atender a demanda de cargas. Neste período, já em sociedade com seu irmão, surgia o esboço do que seria a Transal.

Entre os anos de 1991 a 1994 a empresa dos irmãos Salvan prosperava a cada ano. Outros veículos foram sendo adquiridos à medida que o volume de carga aumentava. Então, em 28 de setembro de 1994, já com uma pequena frota de caminhões (cerca de seis veículos), Rodi e seu irmão criaram oficialmente a TRANSPORTADORA SALVAN LTDA. – TRANSAL.

A partir deste momento, a Transal começou a atender outros clientes de diversos segmentos. As empresas Agrovêneto, de Nova Veneza, Canguru Embalagens e TSA Química, ambas de Criciúma, foram os primeiros clientes da Transal. Também em 1994 nascia a caçula da família, Manuela, atualmente com 17 anos.

Em 1995, com grande visão empreendedora e arrojo, Rodinei conseguiu com que a Transal adquirisse seu primeiro veículo zero quilômetro, um cavalo mecânico Scania 113, carreta esta que ainda está contribuindo para o crescimento da empresa. Nesta época o caminhoneiro não mais viajava com frequência, pois havia se tornado um empresário do ramo de transportes, e assim sendo, a administração da empresa já lhe tomava todo o tempo.

A pesar do progresso nos negócios, a sociedade com o irmão se desfez em meados de 1997, e a empresa passou a ser administrada por apenas um sócio-proprietário, permanecendo desta forma até os dias atuais. Neste período outros funcionários começaram a ser contratados, além dos motoristas, para ajudar nos carregamentos, na administração da empresa e no atendimento aos diversos clientes conquistados.

Com o bom trabalho que a Transal realizava transportando cargas fechadas, muitos clientes e parceiros com visão empreendedora idealizaram juntamente com a direção da empresa a abertura de uma filial em São Paulo/SP. Fato este que se consumou em meados de 1999. Neste período, ainda trabalhando em pavilhões alugados, a Transal se habilitava no transporte de produtos fracionados, especializando-se em produtos químicos, por conta de que seus primeiros clientes pertenciam a este setor de mercado. Contando com uma frota própria de 12 veículos, na sua maioria com carrocerias “baú” a empresa iniciou sua expansão pelo Sul e Sudeste do país.

Com a abertura da filial de São Paulo, a Transal aumentou seu número de clientes e consequentemente seu faturamento. O bom relacionamento com seus parceiros proporcionou o crescimento de ambos e desta forma, a Transal a cada dia fixava-se no mercado como uma das maiores e melhores empresas de transporte do sul de Santa Catarina. A preferência pelo segmento químico não foi por acaso, como se tratava diretamente de clientes industriais, os volumes seriam cada vez maiores à medida que estes também crescessem. Bastava para a Transal apenas manter seu comprometimento com tais clientes e manter sua qualidade nos serviços prestados, para fidelizá-los.

O crescimento da empresa era excelente e visto pela concorrência como uma ameaça. Não demorou muito para haver a necessidade de ampliar a frota de veículos. A abertura da segunda filial em Porto Alegre, se utilizando de um pavilhão alugado, em 2001, também contribuiu para esse crescimento.

Com a prestação de serviços de transporte bem executada, logo surgiu a necessidade de atender nossos clientes em outras regiões, sendo aberta a terceira filial na cidade de Itajaí, no norte de Santa Catarina, em 2004. Com esta filial já constituída, a Transal começou a atender as praças de todo o Vale do Itajaí e das regiões de Joinville e Blumenau. Contudo esta filial haveria de ser transferida para a cidade de Joinville em 2006, por interesses comerciais e por se tratar da maior cidade do estado.

Em 2005 a Transal investiu alto em suas instalações, construindo uma nova sede para a Matriz, em Morro da Fumaça e adquirindo um pavilhão em Guarulhos, sendo todo reformado e equipado para se tornar a filial do estado de São Paulo. Com essas mudanças a Transal ganhou em dinamismo, organização e agilidade na carga e descarga das mercadorias, melhorando sua logística na distribuição de cargas. Já em 2008, um terreno ao lado da filial de Guarulhos foi adquirido, possibilitando a ampliação da filial, passando dos 721 m2 de área construída para 2.612 m2, destes sendo utilizados para deposito uma área aproximada de 1.800 m2.

Em todos os investimentos feitos pela Transal o retorno tem sido o esperado. Por isso, em 2007 voltamos a ampliar nossa rede de atendimento inaugurando nossa quarta filial, a primeira no estado do Paraná. Localizada na cidade de Colombo, a nova filial passou a atender toda a região metropolitana de Curitiba. Também em 2007, a Transal adquiriu imóvel em Cachoeirinha, no RS, este com ótimas instalações e muito mais operacional. No entanto, a filial de Porto Alegre foi transferida para a nova sede de Cachoeirinha.

Em 2008 a Transal mais uma vez inova e passa a oferecer aos seus clientes um novo serviço, o de Transportes de Líquidos a Granel. Iniciando suas atividades em um segmento muito competitivo, investimentos foram realizados, novos veículos foram adquiridos exclusivamente para a realização do serviço, e agora, depois de três anos de trabalho, o retorno já é satisfatório. Atualmente a frota de veículos para este segmento conta com seis Trucks e sete carretas, que juntos movimentam cerca de 3.000 toneladas média/mês, sendo que o principal produto movimentado é a soda cáustica.

Também em 2008 mais uma unidade da rede de atendimento é criada. Através de uma parceria comercial, a quinta filial é inaugurada em Palhoça/SC com o intuito de atender a região da Grande Florianópolis. Deste modo, a Transal passou a atender todo o Litoral de Santa Catarina.

Com o aumento significado de volume a transportar, em 2008 a Transal aumentou sua área operacional e de manobras na sede da empresa em Morro da Fumaça, adquirindo um terreno para utilizá-lo como estacionamento ampliando a área do depósito, bem como realizando a cobertura na área de Abastecimento e Lavação. Já em 2010 com o aumento significativo da frota, houve a necessidade da construção de uma oficina própria, bem como a contratação de profissionais habilitados para realizar boa parte das manutenções necessárias nos veículos da empresa, deste modo, obtendo redução nos custos, agilidade e maior qualidade nos serviços realizados.

Com a exigência de seus clientes, ainda em 2009, foi constituída a sexta filial, agora na serra gaúcha, mais precisamente em Bento Gonçalves, pois a demanda de carga para tal região já justificava sua abertura. Também foi adquirido um terreno em Palhoça/SC, para que num futuro próximo fosse construída a sede própria da Transal naquela cidade. Assim, iniciou- se em 2011 a construção desta sede: um pavilhão com aproximadamente 2.000 m2, com previsão de entrega da obra para o início de 2012.

Ainda em 2009, para oferecer um espaço de lazer e de confraternização entre seus colaboradores, amigos e clientes foi inaugurada a Associação Esportiva da Transal, contendo amplo salão de eventos, campo de futebol, pedanas para prática de tiro esportivo, açude para pesca e quiosque com churrasqueira.

Vejamos alguns números que demonstram o verdadeiro tamanho da Transal:

  • Atualmente são cerca de 500 funcionários distribuídos entre Matriz e suas 6 filiais.
  • A frota possui cerca de 220 veículos, todos próprios.
  • O volume de Carga Fracionada movimentada em média/mês chega a 16 mil toneladas, sendo em torno de 200 mil ton/ano.
  • A Movimentação de Carga Granel chegou a 3.000 ton/mês e 36 mil ton/ano.
  • Possui sedes próprias em Morro da Fumaça, Cachoeirinha e Guarulhos.
  • Distancia percorrida por mês: em média 850.000 km rodados.
  • Consumo de Diesel: 320.000 litros em média/mês.
  • A Transal por três vezes foi escolhida na premiação TOP do Transporte, nos anos de 2007, 2010 e 2011, na categoria Indústria Química/Petroquímica. No terceiro ano, em 2011, a empresa conquistou o 2º lugar, segundo a revista Frota & Cia – Log Web.

Esta estrutura permite estabelecer operações logísticas eficientes e com alto nível de qualidade. Para tanto a Transal, desde 2006, é certificada no SASSMAQ (Sistema de Avaliação, Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Qualidade), o que comprova sua responsabilidade com os clientes, colaboradores e meio ambiente.

A Transal continua em expansão, sempre objetivando, em primeiro lugar, a satisfação e o reconhecimento por parte de seus parceiros para, desta forma, tornar-se referência em transporte de produtos químicos para a região sul do país.